Como funciona o Programa de Bolsas de Estudos para Instituições Privadas?

Durante o período de tempo na qual suas vagas estiverem abertas, é possível que você possa entrar em seu sistema quantas vezes quiser para poder fazer suas consultas e tirar todas as suas dúvidas, além de poder escolher as opções de curso que desejar.

Assim que suas inscrições são enceradas eles selecionam somente os alunos que possuíram as melhores notas no ENEM. E o melhor é que todos os seus resultados saem em poucos dias, se tornando acessíveis para qualquer pessoa pode ver.

Depois que um estudante é escolhido e aprovado pelo ProUni, ele tem apenas alguns dias para poder fazer a sua inscrição, ou do caso contrário se passar deste tempo a sua vaga é dada para outra pessoa que também possui boas notas.

Ao final deste prazo se a pessoa não aparecer para fazer sua matrícula, ela é adiada por mais alguns dias, e se desta mesma maneira ela não aparecer imediatamente perde sua vaga. Mas caso isso aconteça você pode optar por tentar ganhar uma bolsa para poder entra nela.

Quando for fazer a sua matricula é preciso que leve alguns de seus documentos como o seu RG, CPF, comprovante de residência e a certidão de nascimento. Para que não falte nenhum tipo de informação a seu respeito e para que a matricula seja bem-sucedida: Outra grande vantagem é que se o candidato possuir algum tipo de deficiência ou for algum professor público tem chances muito maiores de conseguir ganhar uma bolsa. Sem contar também que se este for o caso a pessoa não precisa apresentar nenhum tipo de comprovação de sua renda.

Documentos Para o ProUni

Ao ir fazer usa inscrição é necessário que o participante leve os seus documentos Prouni para que possa ser bem-sucedida a sua matrícula e possa entrar na faculdade. É preciso que tire a cópia de todos os seus documentos pois eles devem ser deixados nestas instituições. Dentre estes documentos todos, os que realmente não podem deixar de faltar são o comprovante de renda para qualquer tipo de atividade, como contas de gás, condomínio, água e luz, no nome da pessoa ou um responsável.

Comprovantes de Residência também são indispensáveis que também devem estar no nome do participante ou no de qualquer outra pessoa que conviva com você. Na qual podem ser apresentados conta de água, conta de luz ou até mesmo uma conta telefônica. Os comprovantes que comprovam que terminou o ensino médio também devem ser apresentados, pois do caso contrário sua vaga será cancelada e dada para uma outra pessoa que esteja na fila a espera de uma vaga.

Se acaso tiver algum pai ou mão que foram a óbito, apesentando o atestado você consegue ganhar uma melhor bolsa para poder estudar na faculdade. Que também poder ser apresentados se for o caso de um divórcio de seus pais.

Dentre estes sem dúvidas o mais importante é o RG, mas nele a sua foto deve ser bem recente e deve ser reconhecível. E uma cópia de cada um destes documentos devem ser deixados na instituição na qual você for fazer a sua matrícula.

Sem todos estes documentos não será possível que você possa realizar sua matrícula, mas lembre-se que tem um prazo para isso ser feito. Caso contrário você perde chance de ganhar a bolsa e não tem mais como correr atrás, tendo somente que paga toda a mensalidade da faculdade.

Importância de realizar o ensino fundamental e médio

Alunos entre 14 e 18 anos, de baixa renda e cursando o primeiro ano do ensino médio em escolas públicas podem se inscrever no Access – programa de bolsas de estudos e intercâmbio para os Estados Unidos – até o dia 8 de julho. O curso é oferecido pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil em parceria com cursos de inglês em várias partes do país.

Sabe-se o quanto é importante realizar o ensino fundamental e médio e cursar um curso de nível superior, por isso, se você possui mais de 15 anos poderá realizar a prova do Encceja direcionada ao ensino fundamental e mais de 18 anos para o nível médio.

Realize a inscrição Encceja através do site do programa, informe todos os dados de forma correta e siga os requisitos exigidos daqueles que realizarão o exame.

O projeto será disponibilizado em várias cidades, como Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Juiz de Fora- MG, Franca- SP, Brasília, Salvador, Recife, Belém e Manaus. Em 2016, o Access teve mais de 18 mil inscrições no Brasil. O curso tem 360 horas de duração, determinadas e distribuídas de acordo com cada uma das instituições parceiras.

O Access é um programa, criado em 2008, que foi implementado inicialmente em Recife e em São Paulo. Desde então, entre o ano em que foi iniciado até hoje, o projeto já ofereceu mais de 2,3 mil bolsas de estudos para alunos de todo o País.

Para se inscrever, é fundamental que os alunos tenham um bom rendimento escolar, disponibilidade para frequentar os dois anos de curso e comprovem frequência. Os aprovados no projeto têm direito a transporte e a material didático gratuitos. Os estudantes que se destacarem durante o período de estudos no projeto têm a chance de participar do programa Jovens Embaixadores, no qual ficam nos Estados Unidos por três semanas, em intercâmbio.

Vagas de cursos técnicos para escolas públicas do Ceará

Estudantes do ensino médio de escolas públicas do Ceará que ainda não confirmaram a matrícula no programa MedioTec, do Ministério da Educação, ou que têm interesse em realizar a inscrição tem até o dia 31 de julho para se candidatar às vagas que sobraram. O programa possui 4.606 oportunidades em cursos técnicos em quase 70 cidades do Estado.

Para se matricular, os interessados devem comparecer à Secretaria Estadual de Educação para receberem informações sobre cronograma e orientações de acordo com cada município. Para o preenchimento das vagas, não tem taxa de inscrição nem prova de seleção. O curso sempre acontece no contra turno das aulas do ensino médio, para que os alunos tenham os dois diplomas ao concluir os estudos e, assim, já ser apto a entrar no mercado de trabalho.

Dentre os cursos disponíveis estão técnicos em eletrônica, eletrotécnica, logística, mecânica, mecatrônica, redes de computadores, segurança do trabalho, cooperativismo, informática, meio ambiente, análises químicas e química. Para ver a lista completa dos cursos, basta visitar o link da página do programa.

As aulas terão início do segundo semestre deste ano e, caso seja em uma escola diferente da qual o estudante cursa o ensino médio, será oferecido um auxílio-estudantil para ajudar a arcar com as despesas de alimentação e de transporte. Alguns cursos também são de Ensino à Distância (EaD).

Proudly powered by WordPress